Globotics e os Imigrantes Digitais

Os fenômenos da globalização e automação revolucionaram o mercado de trabalho, e uma das possibilidades que essa nova era nos traz é a de trabalhar de qualquer lugar do mundo! A modalidade de freelancer é um exemplo do que a tecnologia tem nos proporcionado, diminuindo o custo para as empresas e dando maior flexibilidade para os prestadores de serviço, entenda mais sobre esse conceito: Globotics!

fotografia revisitada

O costume do olhar automatizado nos afasta dos sentidos, aqui trago uma reflexão sobre como um segundo olhar, nada apressado, pode nos trazer novas percepções.

Vanguardas: Cubismo III

Retomando os diálogos sobre a evolução da produção cubista no começo do século XX, vimos de perto como Picasso e Braque alcançaram lugares de representação que já não faziam mais jus algum à forma, o abandono de perspectivas como da iluminação (claro-escuro), a assinatura do trabalho, a utilização da moldura (que antes vinha para conter…

Beckett: Esperando Godot

Escrita por Beckett em 1949, Esperando Godot, ela é uma peça importante na construção da literatura modernista. A obra do Beckett, considerando sua produção de modo geral, se desenvolve em torno do avesso da capacidade humana, a falha, ele privilegia então um lado do ser humano que ainda não era tão trabalhado na época, que…

Palavra-Som: significação e abstração, da poesia concreta à música

   Sem forma revolucionária não há arte revolucionária – Vladimir Maiakovski Introdução A linguagem verbal escrita, que considera como condição existencial a utilização da língua, é apenas uma das muitas formas de linguagem com as quais lidamos. A característica principal que se observa na construção do discurso é a linearidade e os signos, ou melhor, a…

Originalidade e autencidade: a aura no ambiente digital

A primeiro parecer, com o estabelecimento do meio digital como meio de criação e propagação de arte, a teoria proposta em 1955 por Walter Benjamin cairia por terra, já que quando não há diferenças palpáveis entre um original e uma cópia, o conceito de aura se perde. A questão do entendimento da aura no meio…

Uma reflexão entre Walter Benjamin e o Museu Virtual

O livro “A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica” publicado por Benjamin em 1955, foca na possibilidade da reprodução técnica de qualquer imagem e o aceleramento desse processo provocado pelo desenvolvimento da fotografia e do cinema, alterando consequentemente o entendimento do público sobre a arte. É importante salientar aqui que existe uma diferença grande…

Vanguardas: Cubismo II

Retomando os diálogos visuais produzidos por Picasso e Braque no começo do século XX, dentro do movimento Cubista, pode-se notar que suas produções resgatam um caráter de representação da realidade que deixa de lado aquela atmosfera fantasiosa que a pintura europeia trazia consigo, removendo a necessidade da perfeição da forma nas retratações até então feitas….

Multifacetado

Com uma exposição que comemora os 100 anos do artista Athos Bulcão, os curadores André Severo e Marília Panitz trazem para o CCBB uma seleção que revela a impressionante habilidade do artista em moldar as mais variadas plataformas.

Vanguardas: Cubismo I

O período de desenvolvimento dos movimentos vanguardistas são momentos de grandes mudanças econômicas, sociais que derivam dos avanços tecnológicos da virada do século XIX-XX. Concomitante ao chamado Expressionismo Alemão (1905-1910) outras correntes estão se desenvolvendo e já pode-se ver uma produção significativa de trabalhos artísticos de Picasso e Braque. Através de uma análise mais próxima é…

Humano x Gênio

As classificações hierárquicas constantemente feitas por nós em infinitas categorias vêm fundamentadas por ‘n’ construções culturais que obviamente provém de pensamento arcaicos. A inteligência, como nós a conhecemos, é um conceito ocidental. Hoje, mais do que nunca, acho importante deixar claro que não existem níveis classificatórios para pessoas já que não existe uma quantificação capaz…

Vanguardas: Expressionismo Alemão

A transição do século XIX para XX veio carregada de inúmeras transformações políticas, sociais e culturais como previamente discutidas. A burguesia vive um período áureo de grande ostentação econômica e influência política. Em linhas gerais o movimento vigente era denominado modernista, mas como entendemos, os movimentos artísticos não ocorrem em linearidade, especialmente quando se trata das vanguardas….

Re•pro•du•ção

Quando Walter Benjamin descreve a AURA como uma trama peculiar do espaço e tempo, temos como resultado dessa equação o que se chama de instante, uma definição que não é passível de reprodução, visto que sua ocorrência é única na existência. A reprodutibilidade de um conceito, não toma como partido a vertente temporal da existência…

Vanguardas: Fauvismo

No fim e começo do século XIX as movimentações artísticas na Europa estavam a mil, com o desenvolvimento do que chamamos aqui de pós-impressionismo e, concomitantemente, o crescimento do Art Nouveau, que se destaca como um grande movimento mercadológico que transfere uma estética extremamente feminina ao universo do desejo, transformando em uma necessidade de consumo,…