Estética e matemática: a manifestação da subjetividade nas ciências exatas

A necessidade de falarmos sobre a subversão do gosto e do desenvolvimento de um entendimento sobre o prazer estético e como esse viés de análise sofre influências não apenas culturais mas de vivência pessoal se faz mais do que necessária na filosofia e no entendimento das produções artisticas. Em uma recente publicação, no entanto, me…

Dali Vive!

O The Dali Museum traz ‘de volta a vida’ um dos mais irreverentes artistas surrealistas para apresentar sua própria coleção.

Sobre ROMA

O entendimento de que há mais desvios do que imaginamos é na verdade uma aceitação da condição da humana, mas essa só pode ser clamada se nos dispomos a remediar tais ideias, o errar só é humano quando seguido de um reconhecimento e uma reparação, lidar com o pesar também é necessário, já que não há, na verdade, uma reparação moral para tudo o que se faz de ruim.

Estamos terceirizando nossas responsabilidades?

Construir um senso de oportunidade está então diretamente ligado a entender a necessidade de assumir as próprias responsabilidades, mas não se engane, isso nada tem a ver com acreditar que o universo irá nos agraciar com qualquer que seja seu objetivo, afinal, o universo – e nem ninguém – nos deve nada, mas acreditar na possibilidade de tornar as coisas tangíveis é o que nos permite traçar caminhos realistas, evitando limites impostos pela especulação do que o outro pode fazer por mim.